O Café Politik surgiu do acirramento político ocorrido no Brasil em meados dos anos 10 do século XXI.

A eterna sina do país do futuro, que dá um passo pra frente, dois pro lado e um pra trás, nos motivou a criar um espaço para discussões políticas e econômicas sem o viés editorial imposto pelas grandes publicações.

Nossos redatores possuem backgrounds ideológicos distintos e estão totalmente livres para expor suas idéias, experiências e projeções astrais para o futuro da nação e do mundo.

Não temos a pretensão de convencer o leitor, mas de enriquecer o debate. 

Seja bem vindo e, como tudo na vida, aprecie com moderação!

Odebrecht admite formação de cartel em obras viárias em SP durante os governos do PSDB

IMG_8025.JPG

Nesta terça-feira, a Folha de São Paulo divulgou que a Odebrecht, através de seu acordo de leniência, entregou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), documentos que comprovam a formação de cartel com outras empresas para atuar em diversas obras viárias no estado de São Paulo, entre os anos de 2004 e 2015.

De acordo com o jornal, o esquema, que incluiu obras como a do Rodoanel e das linhas 2 (Verde) e 4 (Amarela) do metrô, causou um prejuízo de R$ 10 bilhões para o estado.

Lembrando que nesse período, São Paulo teve 4 governadores: Geraldo Alckmin, José Serra e Alberto Goldman, do PSDB e Cláudio Lembo, do antigo PFL (atual DEM). 

Em mais um editorial, Mino Carta afirma que eleição sem Lula seria ilegítima

Ministro Edson Fachin determina prisão imediata de Paulo Maluf