O Café Politik surgiu do acirramento político ocorrido no Brasil em meados dos anos 10 do século XXI.

A eterna sina do país do futuro, que dá um passo pra frente, dois pro lado e um pra trás, nos motivou a criar um espaço para discussões políticas e econômicas sem o viés editorial imposto pelas grandes publicações.

Nossos redatores possuem backgrounds ideológicos distintos e estão totalmente livres para expor suas idéias, experiências e projeções astrais para o futuro da nação e do mundo.

Não temos a pretensão de convencer o leitor, mas de enriquecer o debate. 

Seja bem vindo e, como tudo na vida, aprecie com moderação!

Quatro são detidos em protesto, mas PL da “escola sem partido” deverá seguir para a votação na Câmara Municipal de São Paulo

IMG_7952.JPG

Nesta última terça-feira (12), quatro pessoas foram detidas, dentro da Câmara Municipal de São Paulo, em uma confusão ocorrida durante um protesto contra o projeto de lei da “escola sem partido”, de autoria do vereador Fernando Holiday (DEM).

O projeto, que pretende proibir que docentes façam “propaganda político-partidária”, ou estimulem “alunos a participar de manifestações, atos públicos e passeatas”, avançou todas as etapas nescessarias e deve ser votado em plenário no início de 2018.

Vale lembrar que um projeto semelhante, de autoria do senador Magno Malta (PR-ES), já tramita na esfera federal e também deve ser apreciado no próximo ano

O que você pensa sobre esse projeto? Professores devem ter ou não o direito de conduzir suas aulas de acordo suas preferências políticas?

PSDB fecha questão a favor, mas Jucá afirma que a Reforma da Previdência ficará para 2018

Dura perda para Trump no Alabama